26 junho 2011

Que entrem a luz e os novos ares!

Nossa! Quanto tempo não venho aqui!?
As teias de aranha já estão tomando conta do lugar...

Bem, deixa eu abrir as janelas, limpar a poeira e deixar a luz entrar.
Acho que vou cultivar um jardim ali na frente.
Dar um colorido, um perfume, atrair borboletas e colibris.

Um lugar que está ao dispor de brisas e tempestades não pode ficar fechado e escuro por tanto tempo, é preciso fazer o ar circular, remexer com os papeis sobre a mesa e sacudir as roupas no varal, movimentar, renovar... deixar que as nuvens dancem ao ritmo da dança dos ventos... mesmo que as vezes elas tenham que escurecer e trovejar...

Que sejam bem vindos novamente os ventos, e que eles sigam pelos caminhos mais claros e surpreendentes!

Vamos com ele nessa viagem! E que as palavras me acompanhem!

P.S.: Novo layout, nova música e a vontade de mais frequencia! XD
Ocorreu um erro neste gadget